Porque sentimos cócegas?

CócegasAs cócegas são rápidas respostas a situações de perigo que o homem adquiriu para defender-se, são reações de pânico. Quando algum inseto tentava escalar as pernas do homem de antigamente, eram as cócegas que o faziam perceber e expulsar o bicho.

A pele de certas partes mais vulneráveis do corpo possui receptores sensíveis chamados de terminações nervosas livres.

Esses receptores nervosos são os mesmos que nos permitem sentir dor, coceira e excessos de calor ou frio, ou seja, estímulos perturbadores que levam o organismo a se afastar deles, segundo o neurologista Benito Pereira Damas na Unicamp.

Quando a pele é acariciada de uma certa maneira, esse receptores transmitem o estímulo até o centro de prazer do cérebro, localizado no hipotálamo. Mas quando a estimulação é profunda, rápida e contundente, essa reação pode ter o resultado contrário, com risadas nervosas, gritos e movimentos bruscos, sinais de que se tornaram uma verdadeira tortura.

Não é possível fazer cócegas em si mesmo (propositalmente) porque o cérebro prevê os movimentos antes mesmo que aconteçam, não provocando a sensação de perigo e pânico que incita as cócegas. Quando alguém nos toca, o corpo reage tornando-se tenso. Porém quando tocamos o próprio corpo, ele não demonstra reação.




coded by nessus

Autor: Matheus

Criador do blog Informática Inteligente (http://www.informaticainteligente.com.br/), gosta de escrever sobre diversos assuntos. Além do Informática Inteligente possui mais alguns blogs pela internet com informações úteis e relevantes.